Untitled Document


O Google considera avisar usuários de internet sobre risco de dados




O Google está propondo avisar as pessoas que seus dados estão em risco toda vez que eles visitarem websites que não usam sistema HTTPS.

Muitos websites tem adotado a versão de segurança para guardar seus dados.

A proposta foi feita por desenvolvedores da Google que trabalham com o Chrome.

Especialistas em segurança aprovam abertamente a proposta, mas dizem que pode causar confusões iniciais.

A proposta de marcar conexões HTTP como não seguras foi feita em uma mensagem postada em um website dos engenheiros do Google.

Se implementado, a mudança significaria que um aviso pop-up apareceria quando a pessoa visitasse um website que usa somente HTTP, notificando assim que conexão não oferece segurança de dados.

Dizem que é estranho que os browsers atuais não façam nada para avisar as pessoas quando estão com seus dados desprotegidos.

A única situação na qual navegadores de internet não avisam os usuários é precisamente quando não há chance de segurança.

HTTPS usa estabelecidos sistemas de criptografia para codificar os dados.

Os engenheiros dizem que avisos são necessários porque é conhecido que ladrões virtuais e agências governamentais abusam de conexões não seguras para roubar dados e espionar pessoas.

As pessoas assumem que conexões com HTTP e emails são privadas, mas e exatamente o oposto nesse caso.

Permitindo que as pessoas saibam que suas conexões em websites são inseguras, pode fazer com que websites adotem protocolos de segurança maiores.

Atualmente apenas 33% dos websites usam HTTPS.

A proposta do Google também parece encontrar apoio de outros como Mozilla Firefox e Opera.

Muitos websites grandes como Twitter, Yahoo, Facebook e Gmail já usam HTTPS por padrão. Somando-se a isso, o Google já prioriza websites com HTTPS em seus resultados de busca.

Germansites - Agência de sites, websites e sistemas em Jundiaí, Itatiba e região. http://www.germansites.com.br